Volantis Hero
 
InícioInício  CalendárioCalendário  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-seConectar-se  

Compartilhe | 
 

 Introdução e resumo sobre a ilha e o instituto

Ir em baixo 
AutorMensagem
Admin
Admin
avatar

Mensagens : 70
Data de inscrição : 22/11/2017

MensagemAssunto: Introdução e resumo sobre a ilha e o instituto   Dom Dez 03, 2017 4:39 pm

Nos anos 2000 iniciou o plano governamental dos Institutos Federais, que iam, de pouco em pouco, ocupando todo Brasil. Os Institutos Federais eram um plano educacional onde o instituto iria prover ao mesmo tempo que a educação básica do ensino médio, um conhecimento técnico de algum curso. Agropecuária, um dos maiores motores do Brasil, foi um dos cursos mais famosos a serem dados nestes institutos.

No início dessa "febre", Jaci entrou em ação para criar o Instituto Federal de Heróis. Demorou um tempo até conseguir ser aceita, pela verba exuberante que exigia e pelos outros preparos (como docentes e localidade). Em 2004 Luiz Inácio, conhecido como Lula, o presidente do Brasil, aprovou, ao apertar um pouco a decisão do Senado Federal, o projeto do IFH.

Oscar Niemeyer, o maior arquiteto brasileiro, foi chamado para planejar o instituto.

O plano constituía de criar uma ilha artificial (pois, depois de muito debate e argumentação, notou que atribuir esta enorme edificação e prestígio à um único estado poderia desbalancear a economia com àqueles em volta) e, nesta ilha artificial, abrigar o Instituto Federal de Heróis e a Universidade Federal de Heróis, assim, também, como uma forma de aumentar o turismo, algumas edificações famosas e espaço para moradia.
Niemeyer, como sempre, teve uma ideia genial: ele iria reconstruir a imagem dos dois primogênitos das individualidades no Brasil e criadores do Ministério de Heróis.

Por este motivo, a ilha artificial possui a aparência de um veado (forma mais conhecida de Anhangá, nas lendas) com os chifres em raios indo até a crosta dos Brasil (indicando o poder temporal de Tupã, o deus dos raios). O IFH e a UFH se encontrariam nos olhos do veado. No olho direito, ficaria o instituto, representado como a lua crescente de Jaci (interpretando a formação das crianças para a vida adulta) e no olho esquerdo estaria o sol de Guaraci (representando a formação adulta e o brilho jovial dos heróis), encontrando, então, a universidade.
Infelizmente, Niemeyer faleceu em 2012, seis anos depois da abertura da ilha e das escolas.

O instituto e a universidade, então, ganharam prestígio mundial. O instituto conhecido como a 2ª maior escola preparatória de heróis e a universidade como a 6ª maior escola de heróis. Todo este prestígio se dá pela fama que recebeu e por toda a elite que acabou entrando. As duas escolas possuíam a menor escala de aprovação de todo o Brasil, era preciso duas federais para se equiparar com a taxa de aprovação do instituto.

Os atuais diretores são representantes do Ministério de Heróis. No instituto encontra-se a diretora Alicia Rosa Dal Ponte e na universidade o diretor Giovanni Maia Burlamaqui.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://ifhbnha.forumeiros.com
 
Introdução e resumo sobre a ilha e o instituto
Voltar ao Topo 
Página 1 de 1

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
IFH :: Informações :: Informações Adicionais-
Ir para: